top of page
  • Foto do escritorMOHAP Digital

Homem - ReoJuliaDoppio

Selecionados para o FESICA 2023 - 50 anos de História

Por Renata Robazza


ReoJuliaDoppio, de Weber Reo e Julia Gorla, traz para a cena Indie os "deslimites" da canção e a música sem fronteiras. ReoJuliaDoppio e Banda: Com canções ricas em sonoridade e criatividade, as músicas flertam com estilos e gêneros diversificados e com letras reflexivas que abordam a trajetória do humano e do amor de diferentes formas. A musicalidade de Reo, em seus arranjos, harmonias e melodias, ecoa no sentimento das letras de Julia e as completa.



O Duo traz influência de variados ritmos, tanto brasileiros-MPB, como também rock, blues, R&B e Hip-Hop e influências de Tom Zé, Elis Regina, Milton Nascimento, Cássia Eller, Beto Guedes, Marina Lima, Itamar Assunção, Rita Lee, Peter Gabriel, Pink Floyd, King Crimson, Prince, sem barreiras de estilo ou gênero. Por isso, a bandeira é o da “não-fronteira", mas sim o da mistura de referências e estilos que quebram os paradigmas e estereótipos na produção de arte. Durante a pandemia de Covid-19, o Duo ReoJuliaDoppio lança seu primeiro trabalho autoral em todas as plataformas de streaming, com o álbum de músicas brasileiras “Zoí”. Desde então, tem lançado vários singles em português e também em inglês, bem como videoclipes em seu canal no YouTube.



Julia Maria de Oliveira Santos Gorla: Compositora, cantora, poeta, roteirista, empresária, professora universitária, tradutora. Atua como compositora e vocalista de Duo ReoJuliaDoppio. Compositora da letra de “Suppose”, do álbum “Sobre a cor das harmonias”, de Adriana Gennari, com Grupo Pó de Café e Roberto Menescal. Intérprete da canção “Pressentimento”, de Elton Medeiros, no cd “Samba ao Léo”, e na gravação de DVD ao vivo, no Teatro Santa Rosa, em Ribeirão Preto, SP. Vocalista em 2 álbuns de música Gospel, "cristo.com" e "Escrito na Areia”. Idealizadora e produtora de palestras e oficinas sobre: “Literatura e Canção"; "A canção de Protesto"; “Baticum: música como reflexo da sociedade”; “Movimentos musicais: da Bossa Nova ao rock de garagem”; “Tropicália: música e artes plásticas”; “Movimentos cinematográficos”. Roteirista de videoclipes de suas composições e de um documentário em comemoração de 10 anos do lançamento do Cd: “10 anos de Samba ao Léo”, de Leonardo Caccia-Bava ( portador de deficiência).Premiada em Festivais de música autoral como: FEMA-Festival de Música Autoral de Araraquara ( 2019): 1º lugar pelo Voto de Júri Popular, com a música “Homem”, de sua parceria com Weber Nunes; FEMA- Festival de Música das Arcadas da Faculdade de Direito do Largo São Francisco - USP, obtendo 1º lugar em 2003; 2º lugar em 2004; 3º lugar em 2005, tocando músicas de sua composição , com a banda Macpela. Idealizadora e produtora de UpToYou Christmas Arts Festival- mostra de teatro, dança, música, Canto Coral, com apresentações na Casa da Cultura -Araraquara. Membro do GSE do Rotary International, com palestras e eventos musicais (Houston Blues Festival; Lufkin Zoo Musical Meeting) Texas-USA. Tradutora, fez versão para o inglês de cd-roms de Lopes,E.L.V., com registro fotográfico da cidade:“Araraquara...182 anos brilhando como o sol.; “Pinacoteca Municipal Mária Ybarra de Almeida”; “100 anos em fotografia”(1998-1999), além de artigos e livro para o curso de Engenharia de Produção USP- São Carlos. Participou de programas de entrevista nas rádios CBN, Grupo EP, Morada do Sol e Difusora Fm.


Weber Nunes (Reo) compositor, guitarrista, arranjador, multi-instrumentista, produtor de áudio e vídeo. Ao longo de sua carreira musical, desde os anos 80, o artista tem se dedicado à produção autoral e colaborações com outros artistas e bandas. Desde 2010, tem se dedicado ao seu projeto autoral ReoJuliaDoppio, lançando um álbum e vários singles em plataformas de streaming. Como compositor, teve músicas gravadas por diversos artistas, como a canção "Fui eu quem quis assim", gravada pelo Grupo Nós, e a faixa "Suppose", do álbum "Sobre a cor das harmonias" de Adriana Gennari, do qual participaram também Grupo Pó de Café e Roberto Menescal. De 2000 a 2022, foi guitarrista da Banda Rod Hanna, tocando com artistas nacionais e internacionais em turnês por todo o Brasil, além de apresentações com a Orquestra Sinfônica-SP. Apresentou-se com a Banda Rod Hanna em programas de tvs, como : Faustão, Fátima Bernardes e Altas Horas (Rede Globo); Programa Amaury Junior, Programa Livre de Babi Xavier. Durante os anos de 2014 a 2016, atuou como guitarrista no projeto "Rock virou Bossa" no Teatro d. Pedro II e no Teatro Carlos Gomes.Em 2010, participou da 10ª edição da Feira do Livro de Ribeirão Preto-SP, abrindo o show da cantora Zélia Duncan com a Banda CaraRapaz. De 1995 a 2000, produziu e organizou o Carnaval de Rua com sua banda "Chuva de verão" para a prefeitura de São Joaquim da Barra-SP. Ao longo de sua carreira, o artista também se apresentou com outros grupos musicais, como "Grupo Nós", "Banda TAO", e "Unidade 2". Atuou como arranjador e multiinstrumentista em dois álbuns de música gospel, "cristo.com" e "Escrito na Areia", além de participar do álbum "Samba ao Léo”.É também editor de videoclipes de seu projeto autoral e de documentário “10 anos de Samba ao Léo”



 


Do que trata a canção Homem ( de REO JULIA DOPPIO)


A inspiração para a letra da canção surgiu ao ler o poema "O Bicho", escrito por Manuel Bandeira, despertando uma reflexão profunda sobre as desigualdades que afligem o ser humano. A música aborda a solidão que uma pessoa pode enfrentar em meio à realidade da vida, repleta de tentativas e erros, muitas vezes sem sentido. O indivíduo se vê em um mundo que vai além das notas musicais, dos apegos e dos vínculos, e persiste obstinadamente em sua jornada de sobrevivência. Mesmo diante das adversidades, continua a pisar no chão, perseverando incansavelmente.


Letra : Julia Gorla Música: Weber Nunes



Experiência em outros festivais:


Julia Gorla Participou do Festival de Música das Arcadas - FEMA- da Faculdade de Direito do Largo são Francisco - USP-SP, com a Banda Macpela. Obteve o 1ºlugar em 2003; 2º lugar em 2004; 3º lugar em 2005. Participou do Festival de Música Autoral- FEMA- organizado pela Secretaria de Cultura da Prefeitura de Araraquara em 2019. Obteve o 1ºlugar, na escolha do Júri Popular.


Weber Nunes Participou três vezes do Festival de Colégio Objetivo - FICO, realizado em Ribeirão Preto, e conquistou o 1º lugar em duas edições do evento, além de um 2º lugar. Também teve a oportunidade de competir na final nacional do FICO, que reuniu todas as unidades do Brasil, e alcançou a 5ª posição.



 


Expectativas quanto ao Festival FESICA: Estamos honrados por termos sido selecionados. A expectativa é participar de um festival tradicional e reconhecido da região, conhecer novos trabalhos e novos artistas, trocar experiências e apresentar nosso trabalho autoral.



 


Acesse o site e acompanhe nossas redes sociais para conhecer cada um dos selecionados, e já começar a sua torcida!!



 

Vem ai: FESICA 2023 - 50 Anos de muita história!


Preparem seus corações: Este ano realizaremos a 28º Edição com muita música de todos os cantos do Brasil!!⠀

⠀⠀⠀

🎹 Dias 06, 07 e 08 de julho⠀⠀⠀

🎹 Na Praça da República⠀⠀⠀

🎹 São Simão – SP⠀



Realização:

Prefeitura Municipal de São Simão




13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page