top of page
  • Foto do escritorMOHAP Digital

FESICA: Uma Jornada Musical que Moldou Gerações

Atualizado: há 4 dias

A História do Festival

Por Renata Robazza


Desde a sua estreia no Cine-Theatro “Carlos Gomes” em 1973, o Festival Simonense da Canção (FESICA) tem sido um marco cultural para São Simão. Com edições memoráveis realizadas no Cine Oásis, no Ginásio de Esportes “Amadeu Geraigire” e no Centro Comunitário “Antônio da Silva Ferreira”, o festival não apenas celebrou a música, mas também lançou talentos que influenciaram o mercado fonográfico brasileiro.


A JUS - Juventude Unida Simonense, criadora do FESICA, merece um reconhecimento especial por fomentar valores culturais na comunidade. Em uma época onde a televisão era um luxo e a comunicação jovem se fazia pela música, o FESICA se tornou uma plataforma para expressão e inovação.


Os vencedores do festival ao longo dos anos refletem a diversidade e riqueza musical da região. Desde “EU VOU JÁ” de Carlos Ferreira Jr. e Fernando A Fernandes, interpretado por Neusa Mahlow em 1973, até “O BARCO E O MAR” de André Luiz de Souza Pinto em 1998, cada canção vencedora trouxe algo único para o palco do FESICA.



Neusa Mahlow, uma presença constante, ganhou reconhecimento não apenas por suas performances, mas também por suas letras, conquistando prêmios adicionais por “Melhor Letra” e “Intérprete Feminina”. Outros artistas como Simone Guimarães (Santa Rosa de Viterbo) e André Luiz de Souza Pinto (simonense) também deixaram suas marcas com múltiplas vitórias.



Após um hiato entre 1999 e 2021, em 2022 o coração do FESICA voltou a pulsar com vigor, reacendido pela visão apaixonada do prefeito municipal Marcos Bonagamba, que determinou o renascimento deste festival icônico, reavivando a alma musical de São Simão.



*Fotos enviadas por leitores



 


O FESICA não é apenas um evento; é um legado que continua a inspirar e a unir gerações através da paixão pela música.



Clique e assista ao documentário preparado em homenagem aos integrantes do JUS, por ocasião do retorno do FESICA em 2022.



 


Os vencedores dos 1ºs lugares do Festival Simonense da Canção.

 

1973 - “EU VOU JÁ”

Cidade: São Simão

de: Carlos Ferreira Jr. e Fernando A Fernandes

Intérprete: Neusa Mahlow

Prêmio extra - Melhor Letra



1974 - “SAMBA DE BÊBADO”

Cidade: São Simão

de: Carlos Ferreira Jr. e Fernando A Fernandes

Intérprete: Neusa Mahlow

Prêmio extra - Intérprete Feminina

 

1975 - “PONTO TONTO”

Cidade: São Simão

de: João Paulino Quartarola e Neusa Mahlow

Intérprete: Neusa Mahlow

Prêmio extra - Melhor Letra e Intérprete Feminina

 

1976 - “ÊXTASE”

Cidade: São Paulo

de: Antônio Claret Mesquita e Lúcio Barbosa

Prêmio extra - Originalidade e Melhor Intérprete

 

1977 - “LEMBRANÇAS DO MAR”

Cidade: Ribeirão Preto

de: Vagner Ap. Tenelli

Intérprete: Rosângela - Grupo Grysalida

Prêmio extra - Melhor Letra e Intérprete Feminina

 

1978 - “MILAGRE DO QUENTÃO”

Cidade: São Simão

de: Antônio de Pádua Pacheco

Intérprete: Antônio de Pádua Pacheco e Grupo

 

1979 - “MENOS UM”

Cidade: São Simão

de: Suely Galli Soares e Neusa Mahlow

Intérprete: Neusa Mahlow

Prêmio extra - Intérprete Feminina e Originalidade

 

1980 - “VOAR”

Cidade: São Paulo

de: Déo Lopes e Toninho Veríssimo

Prêmio extra - Intérprete Masculino

 

1981 - “SEM SAÍDA”

Cidade: São Simão

de: Suely Galli Soares e Neusa Mahlow

Intérprete: Neusa Mahlow

 

1982 - “FÈ”

Cidade: São Simão

de: Suely Galli Soares e Neusa Mahlow

Intérprete: Neusa Mahlow

 

1983 - “MARIANA, MAR É DIA”

Cidade: Santa Rosa de Viterbo

de: Simone Guimarães

Intérprete: Simone Guimarães

Prêmio extra - Intérprete Feminina

 

1984 - “MARAMOR”

Cidade: Santa Rosa de Viterbo

de: Simone Guimarães

Intérprete: Simone Guimarães

Prêmio extra - Intérprete Feminina

 

1985 - “APENAS FRASES”

Cidade: Ribeirão Preto

de: Plauto de Freitas Barreto

Intérprete: Hilda

Prêmio extra - Intérprete Feminina

 

1986 - “MENSAGEIROS DA PAZ”

Cidade: Barretos

de: Mussa Kalil Neto

Intérprete: Musa Kalil Neto

 

1987 - “FELIZ”

Cidade: Rio de Janeiro

de: Nilson Chaves

Intérprete: Nilson Chaves

 

1988 - “LADEIRAS DE PASSOS”

Cidade: Ribeirão Preto

de: Gilberto Andrade de Abreu e João Batista Andrade de Abreu

Intérprete: João Batista Andrade de Abreu

 

1989 - “SOS. MOÇAMBIQUE”

Cidade: São Paulo

de: Beto Santos e Diná Nascimento

Intérprete: Grupo Repente

Prêmio extra - Arranjo

 

1990 - “VIDA PINÉIA”

Cidade: Jaboticabal

de: Popolla e Bira

Intérprete: Popolla e Bira

 

1991 - “PAIXÃO VIOLEIRA”

Cidade: Botucatu

de: Osni Ribeiro

Intérprete: Osni Ribeiro

Prêmio extra - Intérprete masculino

 

1992 - “”PUÇANGUEIRA”

Cidade: Rio de Janeiro

de: Eudes Fraga e Joãozinho Gomes

Intérpretes: Eudes Fraga e Joãozinho Gomes

 

1993 - “GAROA DE IPANEMA”

Cidade: São Simão

de: André Luiz de Souza Pinto

Intérprete: André Luiz de Souza Pinto e Banda

 

1994 - “A LUZ”

Cidade: São Simão

de: André Luiz de Souza Pinto

Intérprete: André Luiz de Souza Pinto e Banda

 

1995 - “BANANA BANANEIRA - HISTÓRIA DE ATRAVESSADOR”

Cidade: São Paulo

de: Alexandre Siqueira

Intérprete: Alexandre Siqueira

 

1996 - “A VOZ DA AMÉRICA”

Cidade: Rio de Janeiro

de: Tibério Gaspar Rodrigues Pereira

Intérprete: Tibério Gaspar Rodrigues Pereira

 

1997 – Edição comemorativa dos 25 anos


1998 – "O BARCO E O MAR"

Cidade: São Simão - SP

de: André Luiz de Souza Pinto

Intérprete: André Luiz de Souza Pinto

 

1998 – houve a realização do evento pela última vez.




~~~~


Você conhece a história do FESICA?

Lembra de algum outro vencedor? Tem alguma foto?

Mande-nos um e-mail com estas informações. Vamos manter viva a memória deste festival que marcou nossa história!




---




28 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page