top of page
  • Foto do escritorMOHAP Digital

“Choro de Carnaval” - Felipe Bedetti

Selecionados para o FESICA 2023 - 50 anos de História

Por Renata Robazza


É cantor, compositor e violonista da nova geração da música mineira. Autodidata, aos 6 anos começou a tocar violão tendo como referencia, seu pai, também músico e mais tarde interessou-se pela viola caipira, instrumento que lhe acompanha em algumas apresentações. Natural da cidade de Abre Campo, aos 8 anos fez sua primeira apresentação na tradicional festa de Sant’ana desta cidade. Desde então, dá continuidade aos seus estudos e trabalhos.


Aos 13 anos iniciou na sua carreira profissional se apresentando em praças, movimentos culturais, espaços em Minas Gerais e em outros estados do país. Neste mesmo período, começou a compor canções inspiradas pelo clima interiorano e influenciadas pela música regional mineira. Estas canções retratam o contato com a terra, com a natureza e com a vida no interior de Minas Gerais. Muitas delas em parceria com nomes como: Paulinho Pedra Azul, João Evangelista Rodrigues, Luiz Bira, Zebeto Correa, Marília Abduani, Zé Luiz Rodovalho, Thales Martinez, Álvaro Cueva, entre outros.


Algumas dessas canções estão presentes em seu primeiro CD autoral “Solo Mineiro” compostopor 10 canções autorais, com participações de Tadeu Franco, Ladston do Nascimento, e outrosnomes da música mineira, e tendo um seleto time de músicos, como Gabriel Guedes (Bandolim e piano elétrico), Ramon Rozado (viola caipira) e Bruno Felga (percussão). Participou de alguns festivais, como compositor, e intérprete como : X Fecarc, Fenac, Canta Ponte Nova, Festivale, Festival de Caxambu, Mucuriarte, Festival de música Popular Livre, Festival de violeiros de Santo Antonio do Grama, Festibar, festival de Bhar, conseguindo alguns prêmios como 1º Canta Ponte Nova, 2ºlugar Festival de Bhar, Melhor instrumentista Festival de música Popular Livre, 2ºlugar Canta Ponte Nova, 4ºlugar festibar. Já se apresentou ao lado de artistas como: Celso Adolfo, Rubinho do Vale, Tadeu Franco Ladston do Nascimento, Cecilia Barreto e Dalmir Lott.


Realizou cursos de técnica vocal com Andreia Amendoeira , Musicalização com Rubner Abreu harmonia e teoria musical com Thiago Nunnes, Harmonia com Lucas Telles e teoria musical e violão clássico com Cecília Barreto. Em 2016 realizou junto com o Campinense, Zé Luiz Rodovalho, a Turnê ‘’Café com Leite’’ um show em Duo, com parcerias e canções de cada um, estabelecendo a boa relação entre amúsica mineira e a música paulista. Esse show foi apresentado nas cidades de Campinas (SP),Ponte nova (MG), Rio Casca (MG) e Belo Horizonte (MG).


Fez parte do projeto “Trinato’’ com Ladston do Nascimento, Lu Toledo e Cecília Barreto Formou com Cecilia Barreto o Duo novo, um projeto instrumental, em formato de duo de violões, interpretando músicas clássicas, choros e autorais Em 2018 Realizou com participação de Rubinho do Vale, uma grande influencia do músico, um show no Teatro Casa Azul, em Contagem/MG, com grande aceitação do publico Em agosto de 2018 lançou o seu primeiro CD ‘’Solo Mineiro’’ um trabalho autoral, com participações especiais de Ladston do Nascimento e Tadeu Franco.


Realizou shows de lançamento em Belo Horizonte/MG, Abre campo/MG e Caratinga/MG. Com previsões para 2019 em Ponte Nova/MG , Rio Casca/MG , Pará de Minas/MG, e Nova Friburgo/R.


Atualmente, aos 19 anos, residente em Belo Horizonte (MG), busca divulgar o seu trabalho deforma independente realizando shows em diversos espaços da capital mineira e de cidades do interior de Minas e do Brasil.




Sobre a participação em outros festivais


Felipe Bedetti há alguns anos vem participando de mostras e festivais por todo Brasil, conseguindo alguns prêmios em alguns eventos como: Fecarc, Festiarcos, Lollo da Terra, Festival de música popular livre, Canta Ponte Nova, Festival Itinerante da música brasileira, Festibhar, entre outros.




Choro de Carnaval


A composição “Choro de Carnaval” de Felipe Bedetti em parceria com o compositor mineiro Thales Martinez foi composta primeiramente como instrumental, as próprias notas e fonéticas serviram de inspiração para a letra que retrata de uma desilusão amorosa, tendo como cenário o carnaval e suas tradições. Faz parte do novo disco autoral de Felipe Bedetti “Afluentes”, que traz vários ritmos e estilos do cancioneiro brasileiro.





A expectativa para a participação no 28º FESICA é difundir a música autoral e conectar com o publico Simonense, conhecer artistas locais, promover encontros e valorizar a música brasileira.


 


Acesse o site e acompanhe nossas redes sociais para conhecer cada um dos selecionados, e já começar a sua torcida!!



 

Vem ai: FESICA 2023 - 50 Anos de muita história!


Preparem seus corações: Este ano realizaremos a 28º Edição com muita música de todos os cantos do Brasil!!⠀

⠀⠀⠀

🎹 Dias 06, 07 e 08 de julho⠀⠀⠀

🎹 Na Praça da República⠀⠀⠀

🎹 São Simão – SP⠀



Realização:

Prefeitura Municipal de São Simão




10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page